Apple tinha  pânico em relação ao sucesso do Android, é o que mostra documentos internos

Apple tinha pânico em relação ao sucesso do Android, é o que mostra documentos internos

12 de outubro de 2019 0 Por Suporte Rede Digital

Medo, terror, pânico, era o que sentia Steve Jobs em relação ao sucesso repentino do Android.

O fulminante e rápido avanço dos smartphones Android no mercado acenderam o sinal amarelo na Apple, ao menos é o que apontam documentos internos tornados públicos na sexta-feira, em julgamento envolvendo companhia fundada por Steve Jobs e a gigante sul-coreana Samsung. Num texto, preparado para uma reunião este ano, a equipe de vendas destaca a melhoria dos aparelhos da concorrência, informa o site Re/Code.

Os concorrentes melhoraram drasticamente o hardware e, em alguns casos, o ecossistema, diz o texto apresentado pela Samsung durante interrogatório do vice-presidente da Apple, Phil Schiller.

O documento aponta que todo o crescimento do mercado vinha de smartphones com tela grande e preço acima de US$ 300 ou de aparelhos populares, custando menos de US$ 300. O segmento onde o iPhone está incluído vem perdendo espaço.

Outra preocupação apontada é sobre o investimento feito pelas rivais com Android de quantidades obscenas de dinheiro em publicidade e/ou canais com operadoras para ganhar tração. Segundo o texto, as operadoras têm interesse em limitar as vendas de iPhone porque, entre outras coisas, elas pagam altos subsídios com o aparelho da Apple.

Em seu testemunho, Schiller afirmou não concordar com grande parte do documento, que, segundo o executivo, não representa a política da Apple. Entretanto, em e-mail enviado em 2013, o próprio Schiller mostra preocupação com os anúncios da Samsung.

Atualizado em: 6 de setembro de 2018

Eu assisti ao anúncio pré-superbowl que a Samsung lançou hoje, escreveu. E eu não posso deixar de pensar que ‘esses caras estão sentindo isso (como um atleta que não pode errar), enquanto nós sofremos para pregar informações convincentes sobre o iPhone.

Outros documentos apresentados durante o julgamento exacerbam a preocupação da Apple com o crescimento do Android, tanto que em um deles, Steve Jobs afirma que a companhia deve levar uma Guerra Santa contra a Google em 2011. O e-mail datado de outubro de 2010 era sobre a agenda de Jobs numa série de reuniões com executivos da empresa. Ao citar o sistema operacional, o cofundador da Apple deixou claro o que queria:

Estratégia: alcançar o Android onde estamos atrás (notificações, tethering, reconhecimento de voz…) e ultrapassá-los (Siri…).